expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Homenagem ao Fado! Património Cultural Imaterial da Humanidade

O grupo HM CENTRO ÓPTICO Faz esta pequena homenagem ao Fado, que tão longe leva o nome de Portugal e tanto nos identifica. Parabéns Portugal!
 












FADO PATRIMÓNIO DA HUMANIDADE

Portugal acorda com fado património da humanidade

A UNESCO aprovou a proposta de elevar o fado a património imaterial da Humanidade. A votação demorou dois dias, a conclusão acabou por ser favorável e a notícia chegou a Portugal por SMS.






Portugal e o Fado tiveram de esperar quase dois dias para saber se a emblemática música urbana portuguesa viria a ser considerada património imaterial da humanidade. Ontem, mediante votação, a candidatura portuguesa foi finalmente aceite.
A notícia do feito chegou ao nosso país via sms: O Fado já é património imaterial da humanidade, escreveu Sara Pereira, directora do Museu do Fado a partir de Bali, na Indonésia. A representante enviou a mensagem mal o resultado da candidatura foi anunciado, na sala onde o comité intergovernamental da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) esteve a votar as candidaturas a património cultural imaterial da humanidade.
A candidatura portuguesa foi aprovada por unanimidade em pouco mais de cinco minutos. Em declarações ao jornal Público, o presidente da comissão científica da candidatura e musicólogo - Rui Vieira Nery - disse que o resultado positivo "pôs fim a uma grande ansiedade", referindo-se à lentidão com que o processo de avaliação e votação decorreu em Bali.
A candidatura portuguesa foi a última a ser avaliada na sessão de Domingo, dia 27 de Novembro, depois de terem passado à votação mais de 30 propostas.
António Costa, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, entidade que formalizou a candidatura junto da UNESCO terminou o breve discurso que fez no local aproximando o iPhone do microfone para que a sala ouvisse Amália cantar ‘Estranha forma de vida’. Mariza e Carlos do Carmo foram os embaixadores da candidatura portuguesa.
Recorde-se que o Fado era uma candidatura favorita, já que em Outubro a comissão de peritos da UNESCO a considerou “exemplar”.O processo começou a ser preparado há 6 anos e foi formalizado em Junho de 2010.




quinta-feira, 24 de novembro de 2011

ILUSÕES ÓPTICAS

Persistência da visão

Olhe fixamente no centro da arara durante 40 segundos.

Em seguida, olhe dentro da gaiola e verá a arara, mas com mudança de cor: o azul muda para o amarelo e vice-versa.




Isto acontece quando as células foto-sensitivas cansam e compensam com a imagem negativa.



Qual é a linha mais comprida?



As duas linhas são do mesmo comprimento, mas as setas nas extremidades da linha criam a ilusão que a linha da esquerda é mais comprida

A distorção da perspectiva é criada no cérebro e não no olho. Esta ilusão é chamada "Ilusão Miller-Lyer".


Movimento em espiral

Mova seus olhos sobre a figura



Você terá a sensação que a imagem está mudando constantemente. Para cada instante que isto acontece, a nova imagem sobrepõe sobre a anterior, causando uma ilusão de ótica.


Ponto cego

Tampe seu olho direito e olhe no ponto do lado direito da tela com o seu olho esquerdo. Permaneça olhando no ponto, enquanto, lentamente movimenta-se mais perto ou mais longe da tela.
Você descobrirá o ponto cego na sua visão quando o ponto do lado esquerdo desaparecer completamente.





Isto é causado quando a imagem atinge a parte do olho onde o nervo ótico liga o olho ao cérebro. Neste ponto não existe receptores visuais que são os bastonetes e cones. Como você tem dois olhos, compensa o ponto cego do outro lado.

Cores complementares (semáforo)

Concentre-se sobre a luz azul do semáforo por 40 segundos. Em seguida, olhe no quadro branco ao lado.




Você deve ter visto as cores corretas do semáforo. Isto acontece porque as células foto-sensitivas dos nossos olhos ficam cansadas e perdem a sensibilidade para aquelas cores: verde, azul e vermelho. Na imagem posterior, as cores suplementares substituem as cores verdadeiras no fundo preto. O verde torna-se vermelho e o amarelo e o vermelho tornam-se verdes.



Fonte: Science Museum London
Outros "links" de ilusão ótica:
http://www.SandlotScience.com/
http://www.yorku.ca/eye/toc-sub.htm

Curiosidades do Corpo Humano

OUVIDOS• O estribo, um dos ossículos internos do ouvido, mede cerca de 2,5/3 cm
• O tímpano é mais ou menos do tamanho da unha do dedo mínimo
• No percurso do tímpano ao estribo a pressão da onda sonora é aumentada 20 vezes, de modo a estimular as células ciliares situadas no caracol

PELE
• Num único centímetro de pele existem:
—65 pequenos músculos ligados a outros tantos pêlos;
—70 receptores do calor;
—15 receptores do frio;
—100 glândulas sebáceas;
—Mais de 500 glândulas sudoríparas;
—dezenas de milhões de células
• A pele é o órgão mais pesado do corpo: a de um adulto pesa entre 4 e 9 Kg

CABELOS
• Diariamente, perdemos cerca de 80 cabelos
• O homem tem cerca de 5 milhões de pêlos no seu corpo
• Os pêlos das pestanas renovam-se de 6 em 6 meses

ESTÔMAGO E INTESTINO
• A comida pode permanecer no estômago entre 2 a 5 horas
• O intestino tem cerca de 7 metros de comprimento
• Um adulto come cerca de 500 Kg por ano

SANGUE O CORAÇÃO
• Se pudéssemos seguir o percurso de uma gota de sangue, vê-la-íamos passar pelo coração mais de 1000 vezes por dia
• O coração bate num dia mais de 100 mil vezes
• O sistema circulatório contém 4,5 litros de sangue
• O coração de um recém-nascido bate entre 130 e 140 vezes num minuto; o de um adulto, entre 60 e 80 vezes
• Um milímetro cúbico de sangue contém cerca de 5 milhões de glóbulos vermelhos.

RINS E BEXIGA
• Os rins depuram diariamente quase 500 litros de sangue
• O organismo produz cerca de 1,5 litros de urina por dia (a quantidade varia consoante os líquidos ingeridos)
• Os rins têm 12 cm de comprimento e 5 cm de largura
• A bexiga pode conter até 300 mililitros de urina

MÚSCULOS
• Os músculos podem representar 40% do peso do corpo humano
• Só no rosto estão em actividade mais de 40 músculos que utilizamos para assumir as diferentes expressões
• Para rir usamos cerca de 20 músculos

UNHAS
• Se não forem cortadas, as unhas podem atingir 30 cm de comprimento
• As unhas das mãos renovam-se completamente em 6 meses

FETO
• Nos primeiros três meses as células do embrião aumentam 2,5 milhões de vezes
• O cordão umbilical tem cerca de 50 cm de comprimento e entre 2 e 2 cm de largura

Carlos Martins apela aos portugueses

 Carlos Martins volta a apelar às pessoas para doarem sangue com o intuito de ajudar o seu filho que precisa de um transplante de medula óssea.


"Tudo farei para curar o meu filho" e para que ele "vença esta batalha", salienta o jogador do Granada em declarações à RTP1.

Enquanto não se encontra um dador compatível, o pequeno Gustavo sujeita-se a transfusões de sangue regulares num Hospital em Granada e a mãe constata, também no canal público, que "uma criança de três anos não consegue compreender o que fez para todas as semanas tirar sangue". "Não lhe posso ocultar o que se está a passar", salienta a mulher de Carlos Martins, apontando que o filho já vai dizendo "hoje é dia de plaquetas".

Carlos Martins aponta por seu turno que nunca antes teve este sentimento de, "por ser figura pública", estar "a fazer uma coisa boa, não só pelo meu filho, mas por todas as pessoas" que passam pelo mesmo, salienta.


VAMOS TODOS AJUDAR NÃO SÓ O GUSTAVO COMO TANTAS OUTRAS PESSOAS NA MESMA SITUAÇÃO


As doações de sangue têm aumentado um pouco por todo o país, face à mediatização da problemática com o caso de Gustavo. Durante esta quinta-feira decorre em Lisboa, no Pavilhão da Luz, uma colheita na tentativa de encontrar um dador compatível para o filho de Carlos Martins e para outras pessoas que precisem de um transplante.



sexta-feira, 11 de novembro de 2011

São Martinho e o Magusto


São Martinho é considerado como o santo dos bons bebedores. É nesta atura do ano que se faz a prova do vinho novo acompanhado das respectivas castanhas. É por tradição, no dia 11 de Novembro que se prova o vinho novo e que se atestam as pipas. O vinho novo é especial uma vez que deve ser bebido antes do Verão, devido às suas características de fermentação.
Aliado aos festejos do dia de S. Martinho está também o tradicional magusto, tradição ainda mais antiga que a data consagrada a este santo. Os magustos começavam no dia 28 de Outubro, dedicados a S. Simão e duravam até ao S. Martinho. Nesse dia, decorria o magusto familiar em que se reuniam os familiares na casa de um deles, assavam-se as castanhas e na lareira era pendurada uma panela furada. Depois de assadas as castanhas, as famílias jogavam ao “par ou pernão” e diziam os seguintes versos: “Dia de S. Simão, Só não assa castanhas, Quem não é cristão”.
Durante a noite de 11 de Novembro, era formada a “confraria” que, com tachas de palha, acesas, andavam pelas ruas da freguesia a cantar e a tocar harmónio, guitarra, zabumba e ferrinhos, já tocados pela bebida e chamando a atenção das raparigas, passando pelas várias adegas ou tabernas.

Dia de São Martinho



Dia de São Martinho

O Dia de São Martinho é celebrado anualmente a 11 de Novembro.
Este dia é uma das celebrações que marcam o Outono.
A lenda de São Martinho conta que certo dia, um dia um soldado romano chamado Martinho, estava a caminho da sua terra natal. O tempo estava muito frio e Martinho encontrou um mendigo cheio de frio que lhe pediu esmola. Martinho rasgou a sua capa em duas e deu uma ao mendigo. De reprente o frio parou e o tempo aqueceu. Este acontecimento acredita-se que tenha sido a recompensa por Martinho ter sido bom para com o mendigo.
A tradição do Dia de São Martinho é assar as castanhas e beber o vinho novo, produzido com a colheita do Verão anterior.
Por norma, na véspera e no Dia de São Martinho o tempo melhora e o sol aparece. Este acontecimento é conhecido como o Verão de São Martinho.



Provérbios de São Martinho


  • Por S. Martinho semeia fava e o linho.
  • Se o Inverno não erra o caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho.
  • Se queres pasmar o teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
  • No dia de S. Martinho, vai à adega e prova o vinho.
  • No dia de S. Martinho, castanhas, pão e vinho.
  • No dia de S. Martinho com duas castanhas se faz um magustinho.
  • Dia de S. Martinho, fura o teu pipinho.
  • Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.
  • Pelo S. Martinho, todo o mosto é bom vinho.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO


A LÍNGUA PORTUGUES NO MUNDO:

  • É uma língua de comunicação internacional.
  • Conta com cerca de 230 milhões de falantes no mundo.
  • É a terceira língua europeia mais falada no mundo, depois  do inglês e do espanhol.
  • É a sexta a nível mundial.
  • É uma língua que dá fácil acesso à aprendizagem de outros idiomas.
  • Os falantes do português entendem:  - 90% de espanhol
                                                                 - 50% de italiano
                                                                 - 30% de francês

HISTORIAL DOS ACORDOS:

  • O 1º acordo surge em 1911,com a implementação da República.
  • Esta reforma foi implementada apenas por Portugal, o que criou duas ortografias – a brasileira e a portuguesa.
  • Desde então a Academia de Ciências de Lisboa e a Academia Brasileira têm feito várias tentativas de unificação da língua portuguesa.
  • Em 1988, é elaborado um ante-projecto de Bases de Ortografia Unificada da língua portuguesa, documento que deu origem ao Acordo de 1990.
  • O Acordo de 1990 já foi assinado:
- Brasil – 2004
      - Cabo Verde – 2005
      - São Tomé e Príncipe – 2006
      - Portugal – 2008
      - Timor-leste – 2009
Os restantes países já assumiram a sua intenção de vir a assinar o Acordo Ortográfico.

O QUE MUDA COM O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO?

ALFABETO:
      O alfabeto português era formado por 23 letras. Agora comporta 26 letras com a inclusão do:
             K (capa ou cá)
             W (dáblio)
             Y (ípsilon)

MINÚSCULAS:
      O nome dos meses do ano, das estações do ano e dos pontos cardeais escreviam-se com maiúsculas. Passam a  
      escrever-se com minúsculas: - primavera, verão…
                                                      - janeiro, fevereiro, março…
                                                      - norte, sul, este, oeste… (excepto quando se referem a regiões ou é usada a                 
                                                                                         abreviatura)
MAIÚSCULAS OPIONAIS:

      Títulos de livros: Amor de perdição ou Amor de Perdição;
       Formas de tratamento: excelentíssimo senhor ou Excelentíssimo Senhor;
       Nomes sagrados: santa Maria ou Santa Maria;
      Edifícios ou monumentos: mosteiro dos jerónimos ou Mosteiro dos Jerónimos;
      Designação de ruas ou praças: rua das colmeias ou Rua das Colmeias;
                                                          avenida ou Avenida;
                                                          praça da república ou Praça da República;
      Domínios do saber ou disciplinas: matemática ou Matemática.

SEQUÊNCIAS CONSONÂNTICAS:

      O c das sequências cc, cç e ct; o p das sequências pc, pç e pt; o b das sequências bd e bt; o g da sequência gd; o m
     da sequência mn; e o t da sequência tm ora se conservam, ora se eliminam.
     - Conservam-se quando as letras são pronunciadas.
              Exemplos: 
adepto                            convicção  
apto                                ficção
erupção                          pictural                      
núpcias                          convicto
compacto                       friccionar
eucalipto                        rapto
pacto                              corrupção
bactéria                          opção    
intelectual                      interrupção
     - Eliminam-se quando as letras não são pronunciadas.
       Exemplos:


  


                                                        ANTES            DEPOIS


                                                         acção               ação
                                                         accionar           acionar

                                                         fracção             fração

                                                         direccional       direcional

                                                         actual               atual

                                                         actividade        atividade

                                                         electricidade    eletricidade

                                                         lectivo              letivo

                                                        excepcional      excecional

                                                        adopção            adoção

                                                        recepção           receção

                                                       decepção           deceção

                                                       adoptar              adotar

                                                       optimo               otimo

                                                       egipto                egito

                                                       baptizar             batizar



MANTÉM-SE A HIFENIZAÇÃO:



      Com o acordo, o hífen só será usado em palavras formadas por prefixos nos seguintes casos:



      - Quando o segundo elemento começa por h: 

       anti   higiénico                                                                                                                                                      


        • pré-história                                                     


        • semi-hospitalar


        • super-homem



Atenção: Não se usa, no entanto, o hífen em formações que contêm os prefixos des e in nas quais o segundo elemento perde a h inicial: desumano, desumidificar, inábil, inumano, etc…



      - Nas formações em que o prefixo termina na mesma vogal com que se inicia o segundo elemento:

         • micro-onda


         • auto-observação


         • infra-axilar


         • supra-auricular



      - Em palavras formadas pelos prefixos ex, vice, pré e pós:

        ex-diretor


        • vice-presidente


        • pré-primária


        • pós-graduação





      - Em palavras formadas pelo prefixo circum seguido de palavras iniciadas em vogal, m ou n:

         • circum-navegação


         • circum-escolar



      - Em palavras formadas pelos prefixos hiper, inter e super quando combinados com elementos iniciados por r:

         • hiper-realista       


         • inter-regional


         • super-resistente


          hiper-requintado



      - Em palavras compostas que designam espécies botânicas ou zoológicas:         

        • couve-flor


        • ervilha-de-cheiro


        • abóbora-menina


        • cobra-capelo



      - Em palavras que designam nomes de países, regiões (…) se iniciarem por Grão, Grã, por uma forma verbal ou  

        se estiverem ligados por um artigo:

        • Trás-os-Montes


        • Grã-Bretanha


        • Entre-os-Rios



      - Em palavras formadas por justaposição sem elementos de ligação (quando o primeiro elemento for

        substantivo, adjetivo, verbo ou numeral):

        • segunda-feira


        • guarda-chuva


        • azul-escuro


        • guarda-noturno



      - Em palavras consagradas pelo uso:

        • pé-de-meia


        • água-de-colonia


        • arco-da-velha


        • mais-que-perfeito


 
PALAVRAS GRAFADAS SEM HIFENIZAÇÃO:



      São grafadas sem hífen as seguintes palavras:



      - Palavras formadas por prefixos terminados em vogal, seguidos de palavras começadas por r ou s, duplicam-se  

        essas letras:

        • autorretrato


        • antissocial


        • contrassenso


        • suprarrenal





      - Palavras formadas por prefixos terminados em vogal e o segundo elemento iniciado por consoante diferente de


        r ou s:


        • seminovo


        • anteprojeto


        • antipedagógico


        • autoproteção



     - Palavras formadas por prefixo terminado em vogal e acompanhado de palavra iniciada por vogal diferente:

        • antiamericano


        • autoafirmação


        • autoajuda


        • infraestrutura



     - Em palavras formadas pelos prefixos hiper, inter e super quando combinados com elementos não iniciados por

       r:

        • hipermercado


        • superinteressante



     - Palavras formadas com o prefixo co: (se o elemento seguinte não inicia por h)

        • coadmiração


        • coocorrência


        • coprodutor



     - São grafadas sem hífen as palavras compostas em que, devido ao uso, perdeu-se a noção de composição:

        • mandachuva


        • paraquedista


        • paraquedas


SUPRESSÃO DO HÍFEN:



    Suprime-se o hífen, sem grafar as palavras, nas seguintes situações:



  • Verbo haver acompanhado da preposição de (Ex: eu hei de ir a Roma.) 
  • Na maior parte das locuções: (Ex: cartão de visita, fim de semana, sala de jantar, cor de vinho…)



ACENTUAÇÃO GRÁFICA:

 

     O Novo Acordo Ortográfico elimina alguns acentos gráficos e aceita grafias duplas nos casos de variação de   

     pronúncia.



  • Quando a sílaba tónica de uma palavra paroxítona é formada pelo ditongo abertos oi, o acento agudo será eliminado (tal com já acontecia com comboio, dezoito…).

             Ex: boia, heroico, paranoico, jiboia. 


  • Elimina-se o acento circunflexo quando a palavra é uma forma verbal paroxítona formada por ee.
Antes
Agora
crêem
creem
dêem
deem
lêem
leem
vêem
veem
relêem
releem
  • Será facultativo o uso do acento agudo nas formas verbais do pretérito perfeito do indicativo da 1ª pessoa do plural, quando coincidirem com a forma verbal correspondente no presente do indicativo.
    Pretérito
    Perfeito
    Presente
    Pretérito Perfeito (agora)
    Nós amámos
    Nós amamos
    Nós amámos ou amamos
     Nós cantámos
    Nós cantamos
    Nós cantámos ou cantamos


  • O acento diferencial sairá de uso, passando-se a escrever as palavras homógrafas sem nenhuma diferenciação gráfica.



Nota: No entanto, mantém-se por / pôr e pôde / pode).

    CURIOSIDADES:
    • O escritor Teixeira de Pascoaes, ao referir-se à queda
          do y na palavra abysmo, escreveu o seguinte: 
          “Na palavra abysmo, é a forma do y que lhe dá
          profundidade, escuridão, mistério. Escrevê-la com i latino
          é fechar a boca do abysmo, é transformá-lo numa superfície
          banal”. (Teixeira de Pascoais, A Águia, citado por Francisco
           Álvaro Gomes, O Acordo Ortográfico, Porto,
           Edições Flumen e Porto Editora, 2008, p. 10)